ASSOCIAÇÃO

AEAGRO CHAPECÓ - ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS AGRÔNOMOS DO OESTE DE SANTA CATARINA

A AEAGRO é uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos, constituída em 24 de Setembro de 1999, para a defesa dos interesses dos Engenheiros Agrônomos.

Está inscrita no CNPJ 03.788.444/0001-21, com sede na Rua Nereu Ramos 244 D, Bairro Universitário, CEP: 89.812-111, Chapeco-SC.

Foi constituída com o objetivo de fazer a representação dos interesses dos Engenheiros Agrônomos no exercício profissional. As finalidades da Aeagro são:

a) Agremiar os Engenheiros Agrônomos;
b) Defender os interesses da categoria;
c) Promover o estudo de questões de interesse profissional e público;
d) Promover atividades culturais e sociais entre os associados;
e) Fomentar o intercâmbio cultural e social com associações congêneres;
f) Publicar boletins informativos, relatórios de atividades e outras comunicações de interesse público e técnico;
g) Organizar divisões técnicas, comissões permanentes e grupos de trabalhos;
h) Organizar cursos, congressos, conferências, reuniões, excursões e visitas técnicas;
i) Zelar pela ética profissional;
j) Realizar convênios com entidades estatais, para-estatais ou particulares para cumprimento de suas finalidades.


Diretoria da Aeagro

PRESIDENTES

Odimar Ozelame
2018-2020
Franklin Silveira Brum Júnior
2016-2018
Adriano Giuriatti
2014-2016
Celso Zarpellon
2012-2014
Clenoir Soares
2010-2012
Valdir Pereira Ramos
2008-2010
Valdir Pereira Ramos
2006-2008
Albino Mantelli
2004-2006
Armando Pacheco Correa
2002-2004
Faustino Andreola
2000-2002
Valdir Pereira Ramos
1999-2000

DIRETORIA


Calendário de reuniões da Diretoria de 2019:

 

DISCRIMINAÇÃO

ANO 2019

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

Dia do mês

09

13

11

08

13

10

14

12

09

14


REPRESENTANTES DA AEAGRO EM ENTIDADES CATARINENSES:
Conselheiro titular do CREA/SC: Adriano Giuriatti.
Conselheiro suplente do CREA/SC: Sandro Tremea.
Inspetoria do CREA-SC/Chapecó: Titular Magdalena L. Trevi.
Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Chapecó e Irani: Ivan Baldissera e Clenoir A. Soares.
Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional: Silmar Hemp.
Conselho Municipal do Meio Ambiente: Adriano Giuriatti.
Verde Vida: Idones Passaia e Aloisi Vendrúsculo.
Concidade: Adriano Giuriatti.
Fórum de Debate ao Uso de Agrotóxico: Odimar Ozelame.
Federação dos Engenheiros Agrônomos, Conselho Fiscal: Adriano Giuriatti.

DIRETORES


DOCUMENTOS

Estatuto Social

...

DOWNLOAD

Ficha Cadastral Sócio Aeagro

...

DOWNLOAD

GRUPO TEMÁTICO

Os Grupos Temáticos são estruturas organizacionais criadas para tratar de áreas do conhecimento de interesse dos sócios da Aeagro. Aproxima-se do uso das novas tecnologias e processos, o aperfeiçoamento de metodologias, pelo trabalho cooperativo dos profissionais com base nos avanços do conhecimento agronômico. 
Surge como um espaço para estar em proximidade com os colegas de diferentes áreas, debatendo os assuntos correntes.

Tabela - Grupos Temáticos e seus coordenadores

Grupos TemáticosAgroecologiaFruticulturaDesenvolvimento RuralManejo de SolosMeio Ambiente
CoordenadorPaulo MunariniEduardo BrugnaraCelso ZarpellonOdimar OzelameJuliano Domingues
AdjuntoRéges ChimelloJuçara SchramAri RomanIdones PassaiaCristiana Sessi

Gestão Novos Rumos: 2018-2020

Segue a seguir algumas informações sobre cada grupo. Cada associado pode participar escolher e entrar em contato com o associação para saber e participar das atividades programáticas. E-mail: aeagrochapeco@gmail.com

GT - Desenvolvimento Rural
O GT Desenvolvimento Regional tem como objetivo agregar conhecimentos teóricos e práticos, através da troca de conhecimentos entre colegas com alguma expertise teórica e/ou prática na área, com o intuito de sermos protagonistas de ações que promovam o desenvolvimento regional. Estamos cientes que somente com a competência técnica, conquistaremos a valorização profissional da categoria. Um GT é como um time de futebol, ou seja, é um grupo de pessoas que possuem objetivos comuns e que implementam ações conjuntas e coordenadas para alcançar estes objetivos. É necessário associar forças, somar competências e estabelecer sinergia, pois somente a sinergia supera a lógica da matemática, ou seja, faz com o resultado seja maior do que a soma das partes e, dessa forma, podemos atingir nossos objetivos.

GT - Manejo de Solos
Esse grupo temático, esta constituído por Engenheiros Agrônomos que fazem parte da Aeagro na qualidade de sócios e possuem objetivo de analisar, debater e propor ações sobre a área de manejo de solos, envolvendo assuntos relacionados desde aos aspectos físicos, químicos e biológicos do solo.
Aborda-se também assuntos que envolvem a fertilidade do solo, recomendação de adubação, técnicas de manejo, características dos solos (profundidade, textura, drenagem, etc) e também do ambiente (declividade, pedregosidade, degradação, etc). Esse conjunto de fatores são fundamentais, e, portanto devem ser considerados na utilização de forma racional dos insumos e/ou corretivos nos diferentes sistema de produção da região Oeste Catarinense.
Em síntese, além da devida importância destas características, não menos importante é a utilização de boas praticas de manejo do solo e da cultura com as práticas conservacionistas visando obter o máximo de respostas produtivas na exploração das atividades cuja base principal seja o solo.
Gostaríamos de agradecer a colaboração dos associados na construção desta história de sucesso da Aeagro. Portanto, sua participação será fundamental para continuarmos trabalhando pelo fortalecimento da Aeagro.

GT - Agroecologia
O município de Chapecó, por ser um polo regional e ter como seu maior potencial de desenvolvimento o setor agrícola e agropecuário, oferece inúmeras oportunidades e formas de produção, processamentos e comercialização. Dentre estas está a produção de alimentos orgânico, prática milenar desenvolvida pelos nossos antepassados que ao longo do tempo foi se perdendo, dando espaço para a modernidade com novas tecnologias de produção. Porém, nem tudo foi esquecido e muitas famílias neste nosso Brasil estão resgatando esta tradição de cultivar o solo de uma forma mais natural e colher alimentos orgânicos considerados mais saudáveis ao consumidor. Em nossa região não é diferente, existe inúmeras famílias que estão desenvolvendo esta prática, tentando resgatar esta tecnologia de produção. Nos dias de hoje já se avançou muito em ralação ao passado, dispomos de muitas alternativas que nos permitem ser competitivos em quantidades e qualidade, através de pesquisas, técnicos e agricultores. Todos estão tendo êxitos em atividades sem depender do uso de produtos tóxicos, já está comprovado que isso é possível.
Como nossa região tem uma peculiaridade com microclima, pequenas e médias propriedades e relevo variável, permite que a agricultura orgânica possa ser desenvolvida de uma forma individualizada ou coletivamente. Tratando mais especificamente de Chapecó, temos em seu entorno centenas de pequenas propriedades rurais e chácaras que possibilita o desenvolvimento da agricultura orgânica como subsistência, comercialização do excedente e até mesmo como principal fonte de renda, dependendo da atividade e do interesse da família, pois aqui temos a tradição das feiras livres e venda direta nas casas do meio urbano.
Desta forma entendemos a importância para o município, para a AEAGRO e principalmente para as famílias e ao meio ambiente, nós termos um grupo de profissionais dentro da AEAGRO para trabalhar no fomento deste trabalho, considerando que não temos até então alguém que se dedique a este novo nicho de mercado que se abre levando o nome da nossa instituição.
Desta forma estamos convidando os profissionais que possam estar contribuindo com a Aeagro neste trabalho junto a instituição e aos agricultores da nossa região.

GT - Meio Ambiente
A prática cotidiana do Engenheiro(a) Agrônomo(a), por mais ou menos relação, vincula-se ao meio ambiente e gera consequências ambientais. Mas sempre fica a questão que as ações agronômicas não estão tão relacionadas as práticas ambientais tais quais são outras profissões. Visando fundamentar a noção de que a prática agronômica, juntamente com outras profissões, com o poder público e com a sociedade, tanto civil organizada como qualquer cidadão e agricultores, pode beneficiar as atividades agrícolas que tem impacto ambiental. Engajamo-nos, nesse sentido, em atividades vinculadas à suinocultura, aos serviços ambientais, às políticas públicas e aos recursos naturais, e todas aquelas ferramentas e instrumentos que possibilitam o profissional a fazer deste um ótimo trabalho. Aqui, nós compartilhamos experiências, conhecimentos e estudamos entre os colegas para poder potencializar tais práticas ambientais. Esperamos que todos colegas associados que desejam participar que entrem em contato com a Associação.
Diretoria da Aeagro.

BIBLIOTECA

Controle de Plantas Daninhas

DOWNLOAD

Proteção Vegetal

DOWNLOAD

Manual do café: colheita e preparo

DOWNLOAD

Café: deficiência nutricional de macronutrientes

DOWNLOAD

Destino de embalagens na cafeicultura

DOWNLOAD

Manejo de cafezais em produção

DOWNLOAD

Guia completo do Inventário Florestal

DOWNLOAD

Atlas do Agronegócio

DOWNLOAD

Cereales de Verano

DOWNLOAD

Contenidos de Edafología

DOWNLOAD

Cultivos en hidroponia

DOWNLOAD

Ecologia y ambiente

DOWNLOAD

Introducción a la química organica

DOWNLOAD

Pastagens em Rondônia

DOWNLOAD

Sistemas Agroflorestais

DOWNLOAD

Técnicas Poda

DOWNLOAD

Matemática básica para agronomia

DOWNLOAD

Modelo agrícola argentino

DOWNLOAD

Poda de frutíferas

DOWNLOAD

Sistemas Agroflorestais em assentamentos

DOWNLOAD

Temas em Sociología Rural

DOWNLOAD

Agricultura de baixo carbono

DOWNLOAD

Carta do Rio de Janeiro

DOWNLOAD